Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

Buscar  
Brasil

Publicada em 06/08/18 às 03:03h - 17 visualizações
VIAJAR É MUDAR A ROUPA DA ALMA
Medalha da 54ª legislatura para o 30º FESTURIS GRAMADO

Rádio Voz da Querencia


 (Foto: Rádio Voz da Querencia)

VIAJAR É MUDAR A ROUPA DA ALMA.

“Viajar é mudar a roupa da alma”, citou o Deputado Estadual Sérgio Turra (lembrando o imortal escritor gaúcho Mário Quintana) em seu discurso, durante a entrega da Medalha da 54ª Legislatura em homenagem aos 30 anos do Festival de Turismo de Gramado (FESTURIS), proposição do próprio Deputado Turra, na noite de 01/08 (quarta feira), no salão Julio de Castilhos da Câmara dos Deputados do Rio Grande do Sul. Evento que a Editora Minha Querência, que mais uma vez se fez presente nos grandes acontecimentos cobriu na integra.

Em seu discurso Turra salientou: “As viagens, as paisagens, a gastronomia, a cultura dos imigrantes, o turismo, enfim, é hoje um dos principais “ativos” do Rio Grande do Sul, em especial a Serra Gaúcha.

Somos um estado rico em muitas coisas, principalmente em cultura, hospitalidade e belezas naturais. E é esse “patrimônio” de valor inestimável que atrai todos os anos milhares de turistas ao Vale dos Vinhedos, ao Litoral Norte, e a mais encantadora de todas as nossas cidades turísticas: Gramado.

Na continuação Turra sinalizou que: “Em novembro deste ano, um dos mais relevantes eventos de turismo da América do Sul   e um dos que mais geram resultados para o trade de turismo, completa trinta anos de fundação.

Há três décadas nascia, na cidade símbolo da “indústria turística” brasileira, o FESTURIS GRAMADO.

Nesse período o Festuris se transformou  no grande “showroom” do turismo nacional e internacional.

O Festuris surgiu em novembro de 1988, por iniciativa das empresarias gramadenses Marta Rossi e Silvia Zorzanello, que perceberam a possibilidade de atender uma demanda especifica de mercado: A escassez de eventos relacionados ao setor.

Organizou-se então em Gramado, um pequeno salão para operadores e agentes de viagens. O primeiro encontro aconteceu no pavilhão da Prefeitura Municipal. Por essa época, apesar de todo o potencial turístico gaúcho, as decisões nacionais sobre a atividade turística passavam ao largo do Rio Grande do Sul.

E finalizou o discurso “Hoje, já são os filhos das criadoras do evento Marcos Rossi e Eduardo Zorzanello, que levam a diante o trabalho iniciado pelas suas mães. Juntamente com Marta, CEO do evento, são eles que garantem hoje ao Festuris o protagonismo na missão de promover a indústria turística gaúcha para além de suas fronteiras”.

Marta Rossi agradeceu a distinção honrosa da Casa do Povo, o parlamento gaúcho e destacou: “Tive a felicidade, de junto com a Silvia Zorzanello, um dia entender que nós tínhamos a possibilidade de investir na indústria turística. Apostamos nisso e acertamos! Vemos que o Turismo é a indústria mais inclusiva do planeta. O PIB do turismo mundial em 2017 foi de 2.6 trilhões de dólares segundo dados da OMT. Este, é o PIB do Reino Unido. Crescemos mais que a economia global. O Turismo é uma indústria que aproxima, elimina as diferenças e promove a igualdade social, sendo um importante motor da economia. Precisamos de políticas públicas efetivas para o setor e nós empresários precisamos de números e estatísticas confiáveis como existem a nível mundial. Precisamos no Brasil, no estado e nos municípios ter estes dados para sentarmos lado a lado com as demais indústrias e discutirmos em nível de igualdade. Nós acreditamos na indústria turística”.

Continuando no âmbito econômico, a importância do Festuris pode ser medida na grandiosidade dos números que exibe.

Um estudo da Universidade de Caxias, a UCS, revelou que o evento teve, no último ano, um impacto de duzentos e oitenta milhões de reais em negócios.

Somente na Região das Hortênsias, o evento injetou na economia local mais de dezoito milhões de reais em apenas quatro dias.

Finalizando a premiação o Secretário de Cultura, Esportes e Turismo do Estado do Rio Grande do Sul, o Secretário Vitor Hugo, reverenciou o Festuris e a luta para mantê-lo em atividade e encerrou com o pensamento de Cícero Galeano: “ Os cientistas dizem, que somos feitos de átomos, mas um passarinho me diz que somos feitos é de histórias.”

Jose Luis Biulchi de Souza

Jornalista / Repórter Fotográfico

(MTB/RS 14009 – ARFOC 603)

Editora Minha Querência

(51) 991385762

 

 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Chat dos Ouvintes

Digite seu NOME:


Estatísticas
Visitas: 76235 Usuários Online: 4


051 91385762

Hora Certa
Publicidade Lateral
Redes Sociais




  • CLaudio cardoso
    Cidade: canoas centro
    Música: batendo agua
  • EDUARDO SILVA DA SILVA
    Cidade: CANOAS
    Música: SONHO EM FLOR
  • Anahy Guedes
    Cidade: São luiz gonzaga
    Música: Nego Betão com Jorge Guedes & Família
  • Hilton Luiz Araldi
    Cidade: Passo Fundo
    Música: Toca uma do Adair de Freitas
  • Hilton Araldi
    Cidade: passo fundo
    Música: alguma do adair de freitas
  • Margarete Biulchi Biasiz
    Cidade: Canoas Rs
    Música: Eu sou do sul com os Serranos.
No Ar


Nenhuma programação cadastrada
para esse horário




Fan Page

Fotos da Cidade
PROMOÇÕES

Nenhum registro encontrado.



Parceiros

Copyright (c) 2018 - Rádio Voz da Querencia - Todos os direitos reservados